Apresentação

Autorização de Funcionamento


Ministério da Educação
Alvará N.º 1167

NOTÍCIAS

| Olimpíadas da Cultura Clássica |


Alunas da nossa escola distinguidas nas “Olimpíadas da Cultura Clássica”. As alunas do 6.º C Madalena Azevedo, Maria Nobre, Frederica Braga, Inês Pina e Mariana Antunes foram as premiadas. 



continuar

DESTAQUES

| Finalistas: festa inesquecível |


Cada minuto ficará para sempre na lembrança da nossa Querida Filha, e na nossa também. Sem dúvida alguma o melhor que alguma vez fizemos pela Maria, inscrevê-la neste Maravilhoso Colégio, de onde parte enriquecida em Amor, Amizade e muita Aprendizagem que farão a diferença na sua vida futura.



continuar

 candidaturas2

O estabelecimento de ensino particular denominado “Salesianos de Lisboa” encontra-se situado na Praça S. João Bosco, nº 34, em Lisboa, entre a Rua Saraiva de Carvalho e a Rua Coronel Ribeiro Viana, perto do Cemitério dos Prazeres.

Consta de três blocos, cujas linhas arquitetónicas não correspondem a um plano unitário. O bloco central é constituído por dois corpos, ligados mas desarticulados um quanto ao outro no estilo: um construído nos anos 60 do século XX e do lado poente, constitui a igreja, que está ao serviço do estabelecimento e da paróquia de Nossa Senhora dos Prazeres, confiada aos salesianos desde 1964; o outro corpo, do lado nascente, foi construído em inícios do século XX para a nova sede das Oficinas de S. José transferidas para aqui, da Rua do Sacramento à Lapa, em Dezembro de 1905.

O estabelecimento dos Salesianos de Lisboa, propriedade da Província Portuguesa da Sociedade Salesiana, é hoje uma escola que ministra o ensino básico e secundário a cerca de 2 000 alunos de ambos os sexos. Como colégio, começou a funcionar em inícios dos anos 70 do século passado. Anteriormente era uma escola de artes e ofícios; daí o nome de Oficinas de S. José, escola profissional, além dos aprendizes em regime de internato, tinha também um grupo de alunos externos das classes primárias e, durante algum tempo, do curso comercial (1940-62). A mudança de escola técnico-profissional para estabelecimento do ensino básico e secundário ficou a dever-se à reforma de Veiga Simão, que decretou a unificação do ensino em 1969. 

A partir destas raízes históricas e da opção salesiana que desde o início procura conjugar vários ambientes (centro juvenil, escola, paróquia) podemos contar com uma presença capaz de oferecer um leque muito diversificado de percursos educativos.

S1234-0516 S1234-0592 S1234-0602 S1234-0515 S1234-081 S1234-292 S1234-0519 S1234-0453 S1234-0510 S1234-0581