Notícia / Destaque

Ser finalista em pandemia


fev 19, 2021


Caetana Costa 

seara-16-finalistasSer finalista em tempo de pandemia significa adaptação, responsabilidade e aceitação. Esta aceitação vem no seguimento de não podermos viver tudo aquilo que fomos sonhando para este ano. Por fim, traz consigo também uma certa exclusividade, por termos aprendido e termos tido oportunidades muito diferentes das dos finalistas anteriores.

Ser finalista só por si traz algumas novidades e responsabilidades. As médias começam a apertar, a entrada na faculdade torna-se mais real e preocupante. Somos facilmente atormentados pela consciência de nos separarmos dos nossos amigos e atuais colegas. Para além disso, domina-nos o entusiasmo por sabermos que em menos de um ano estaremos finalmente a estudar só aquilo que realmente gostamos. 

No entanto, este ano ser finalista traz um peso acrescido. De facto, ao longo de vários anos fomos sendo alimentados com a ideia de que o décimo segundo ano (e respetivos 18 anos) seria o melhor. Décimo segundo ano era sinónimo de tempo livre para estarmos com os nossos amigos, de saídas à noite, de jantares, de festas de 18 e festas só porque sim, das festas Salesianas e do nosso papel na comissão, da festa de finalistas, e finalmente, de Cabo Verde. O décimo segundo ano era um ano para tudo, mas para nós, tornou-se num ano de tudo menos isto. 

Deste modo, ficarmos parados não seria a solução. Um ano assim pareceu-nos (e parece-nos) muito difícil, mas penso que falo por todos quando digo que nos fomos reinventando. Agora, um ano de finalistas significa (quase) não haver desculpas para não nos empenharmos na entrada para a faculdade. Significa ter um papel importante em casa e fortalecer as amizades que já trazíamos. Talvez isto seja o mais difícil. Um finalista (numa situação normal) tem a vontade extrema de conhecer o máximo de pessoas possível até encontrar aquelas com quem mais se identifica e levá-las para lá da faculdade. Contudo, somos desafiados a encontrar, nos amigos que já temos, o seu lado mais parecido connosco e assim tornar estas amizades de longa (ou média) data ainda mais fortes. E aqui está a nossa grande vantagem face a todos os finalistas que nos precederam: uma amizade nova dificilmente supera as amizades antigas que foram sendo fortalecidas de uma forma especial ao longo de um ano inteiro.   

Para além disso, também fomos surpreendidos com a necessidade de termos de ser nós a ir ao encontro dos nossos amigos. Efetivamente, com a escassez de trabalhos de grupo, almoços e tudo o que foi anteriormente mencionado, já não nos é possível chegar a um sítio e, por acaso, encontra-los lá. Deste modo, passamos a ter a responsabilidade de ligar àqueles com quem estamos realmente preocupados, de quem temos saudades, ou de quem precisamos para nos fazerem rir!

Assim, ser finalista em tempo de pandemia significa adaptação, responsabilidade e aceitação. Esta aceitação vem no seguimento de não podermos viver tudo aquilo que fomos sonhando para este ano. Por fim, traz consigo também uma certa exclusividade, por termos aprendido e termos tido oportunidades muito diferentes das dos finalistas anteriores.

Caetana Costa | 12T3



DESTAQUES

Candidaturas Abertas | 2022-2023


As candidaturas aos Salesianos de Lisboa, para o ano letivo 2022-2023, encontram-se abertas.



continuar

Ed. Musical – “Uma performance relâmpago”, no Dia Mundial da Música


Foi a primeira apresentação deste ano, ao vivo e a cores, para assinalar este dia tão especial, que afinal, e pela vontade de todos, assim podiam ser todos os dias!



continuar

Horário dos primeiros dias - 2021|2022


Consulte o horário dos primeiros dias do ano letivo 2021|2022



continuar

Material Escolar 21|22


Listas de material (ano letivo 2021|2022):



continuar

Ser finalista em pandemia


Ser finalista em tempo de pandemia significa adaptação, responsabilidade e aceitação. Esta aceitação vem no seguimento de não podermos viver tudo aquilo que fomos sonhando para este ano. Por fim, traz consigo também uma certa exclusividade, por termos aprendido e termos tido oportunidades muito diferentes das dos finalistas anteriores.



continuar

NOTÍCIAS

Contrato Simples - 2021/2022


Consulte os documentos relativos ao contrato simples 2021/2022.



continuar

Universitários 2021 - ou “Antigos alunos dos Salesianos de Lisboa voam alto e bem”


Fiquei muito surpreendido quando nessa mesma tarde abri o email e já tinha recebido o resultado. Abri a mensagem e até saltei de alegria: consegui! Entrei no curso que queria (Gestão de Informação na Nova IMS). Depois de falar com vários (agora Ex) colegas, fiquei muito feliz por saber que a grande maioria deles também tinha conseguido entrar onde queria.



continuar

No meu 5.º ano... @ulas à distância


Durante as aulas à distância, é mais complicado manter a concentração. As avaliações e os trabalhos são na Escola Virtual e no Moodle. Eu prefiro o papel! [...] Um ponto bastante positivo é o facto de não chegar atrasada às aulas [...] as aulas online tiram-me os momentos de convívio com os meus amigos e isso deixa-me um pouco triste [...] nada pode substituir as aulas presenciais naquele espaço tão familiar a que chamamos Escola. Tenho saudades! [...] Ao princípio, foi muito estranho porque nunca tinha visto os meus professores sem máscara. Ficam tão diferentes [...] continuo a sentir que os professores estão comigo.



continuar

Janeiro, o mês da celebração de Dom Bosco


“Conseguir-se-á mais com um olhar de bondade, com uma palavra animadora, que encha o coração de confiança, do que com muitas repreensões que só trazem inquietações e matam a espontaneidade.” DOM BOSCO



continuar

Contrato Simples - 2020/2021


Consulte os documentos relativos ao contrato simples - 2020/2021



continuar
Fundo Página Salesianos de Lisboa