Notícia / Destaque

Isolamento


mai 08, 2020


seara-19-isolamentoDurante toda a nossa vida, fomos como as lagartas. Vivíamos em liberdade e ocupados com a nossa atarefada e bastante preenchida vida, focados em alimentar a alma e o corpo. 

Em meados do mês de março, o vírus Covid-19 forçou-nos a construir um casulo onde teremos de permanecer por tempo incerto. Enquanto as lagartas se limitam a existir, confinadas num pequeno espaço, nós, seres humanos, temos de ser criativos, fiéis e cumpridores. O destino do nosso país depende de nós, da nossa atitude e forma de pensar durante estes tempos mais difíceis com que nos debatemos. 

Enquanto permanecia em casa, tomava ainda mais consciência do quanto a Vida é delicada, bela, volátil e fugaz. Aprendi, também, que, quando nos lamentamos por causa da vida que levamos, estamos a ser ingratos. 

Felizmente, existe sempre um raio de esperança a espreitar por detrás do nevoeiro em que estivemos envoltos, que me guiou por caminhos até então desconhecidos, pois, durante o isolamento social, a minha vida sofreu uma grande transformação. 

Comecei a olhar para tudo o que existe à minha volta com outros olhos… com os olhos de alguém que está a descobrir a simplicidade do mundo e da grandiosidade da Vida. Agora, quando acordo de manhã, admiro cada raio matinal que invade a cozinha (o que antes não fazia!) – a agitação quotidiana não permite reservar espaço na nossa mente para apreciar a simplicidade.  

Raras são as saídas que faço, mas, quando isso acontece, aproveito cada momento (o que antes não fazia!). 

A quarentena trouxe também outras vantagens no meu relacionamento com a família, pois, agora que estou confinada à minha casa, tive de aprender a “viver” novamente: ganhar novas rotinas, gerir os espaços e reaprender a brincar com o irmão. 

Como todos os ciclos têm um princípio e um fim, a metamorfose da lagarta terá de terminar um dia. Por isso, quando começarmos a sair do nosso casulo, será um momento de grande magnificência. Sairemos sublimes borboletas que sofreram uma transformação colossal. Seremos pessoas novas, mais completas, que adquiriram novos hábitos, novas capacidades, e que cresceram graças à nossa infindável adaptabilidade. Estaremos ainda repletos de experiências e novas aventuras para partilhar e preparados para retomar a nossa vida atarefada, agora admirando-a de outra perspetiva. 

Catarina Almeida | 7.ºA



DESTAQUES

Horário dos primeiros dias - 2020|2021


Consulte o horário dos primeiros dias do ano letivo 2020|2021



continuar

Material - 1.º, 2.º e 3.º Ciclo - 2020|2021


Consulte a liste de material para o 1.º, 2.º e 3.º Ciclo do ano letivo 2020|2021



continuar

Manuais adotados 2020/2021


Já estão disponíveis os manuais adotados para o ano letivo 2020/2021.



continuar

Consignação de IRS 2020


Apoie os Serviços Sociais Salesianos através da consignação do seu IRS. A consignação de 0,5% do seu IRS não tem custos para o contribuinte, podendo assim ajudar quem mais precisa com um simples gesto. Carregue no link para saber como pode ajudar.



continuar

Estamos contigo - Vencer a COVID-19


Ainda que estejamos em períodos de isolamento social, não estás só. Estamos contigo. Esta página procura ser um foco de esperança, onde além de notícias e informações técnicas, podes encontrar sugestões de atividades, boas práticas e conteúdos inspiradores que, agrupados em 4 áreas, procuram fazer deste um ponto de encontro, virtual, mas bem real.



Visitar página

NOTÍCIAS

Contrato Simples - 2020/2021


Consulte os documentos relativos ao contrato simples - 2020/2021



continuar

Há um mês no 7º ano. Testemunhos sem filtro


Estou pronta para o terceiro ciclo e vou tentar ao máximo obedecer ao tema deste ano. Os meus objetivos são ajudar os meus colegas, ter boas notas e um comportamento excelente. Quero ser um exemplo a seguir e respeitar os meus colegas, aceitando as diferenças de cada um.



continuar

Reflexões depois de um Bom Dia




continuar

Isolamento social: o que muda?




continuar

Isolamento




continuar
Fundo Página Salesianos de Lisboa